Por Fabiana Bellentani

Parece slogan de banco, mas é a pura verdade!

Nós sempre tivemos o costume de ler e contar histórias para a Carolina. Começamos como uma rotina da hora do sono e hoje ela pede que a gente leia suas histórias preferidas, não só antes de dormir, como também ao longo do dia. Seus livros ficam pelo seu quarto e pela sala, à sua altura, para que ela mesma possa pegá-los e reproduzir as narrativas de sua preferência. Acho que é por isso que vira e mexe dou livros de presente para os amiguinhos da Carol… (Será que gostam? rs!)

Mother Reading Book Baby In Bed Before Going To Sleep

Existem inúmeros artigos e pesquisas científicas que mostram que a criança que tem contato com a leitura desde cedo, principalmente acompanhada dos pais, aprende melhor, pronuncia melhor as palavras e se comunica melhor de forma geral.

A leitura…

  • Cria e reforça o vínculo afetivo entre a criança e o contador da história (por isso que é tão importante que os pais participem desse hábito e se envolvam na leitura com a criança, fazendo vozes, imitando sons, gesticulando e interpretando a historinha).
  • Desenvolve a criatividade e a imaginação da criança, além de proporcionar-lhe cultura, conhecimentos e valores.
  • Expande as referências da criança e a capacidade de comunicação.
  • Cria familiaridade com o mundo da escrita e, consequentemente, facilita a alfabetização.
  • Desenvolve o repertório e aumenta o vocabulário.

Ah, mas nós não temos o costume de ler…

Bom, então saiba que nos Estados Unidos, a National Children’s Reading Foundation (Fundação Nacional de Leitura Infantil) garante que, para a criança de 0 a 5 anos, cada ano ouvindo historinhas e folheando livros equivale a 50 mil dólares a mais na sua futura renda. Ficou motivada(o) o suficiente?

E outra coisa: existem dois fatores básicos que contribuem para que a criança desperte o gosto pela leitura: a curiosidade e o exemplo. Se os pais volta e meia se entretêm com um livro, a criança com certeza receberá a mensagem de que ler é gostoso. Além disso, passeios por livrarias são uma ótima forma de aguçar a curiosidade das crianças, fazendo com que escolham livros para uma leitura conjunta.

Mas quando devemos começar a ler para nossos filhos? Essa resposta eu te dou amanhã! Até lá!