18 abr 2016

Enxoval | Carrinho de bebê (stroller) | Tipos

Por Fabiana Bellentani

Quando fizemos o enxoval da Carolina, pesquisei muito sobre carrinhos de bebê. Comecei com uma busca rápida pela internet, me aprofundei nos sites de algumas marcas e lembro que, na medida em que lia sobre o assunto, pesquisava modelos, as vantagens e desvantagens de cada um, ía também me inteirando de tudo aquilo que é essencial e interessante que um carrinho tenha.

E como era muita coisa, muita informação, acabei montando meu pequeno “dossiê do carrinho de bebê” (foi o nome que dei)! rs! Eu teria beijado os pés de quem pudesse ter me passar tudo já organizado naquela época! Com certeza meu trabalho teria sido facilitado. É por isso que faço questão de passá-lo a vocês, para que tenham tudo em mãos para uma compra consciente.

Preparei uma série de alguns posts, já complementados com minha experiência ao longo de mais de 2 anos usando (sem arrependimento e super satisfeita) o mesmo carrinho de bebê. O que escolhemos para a Carolina foi o B-Agile 3 / B-Safe 35 Travel System da Britax (o da imagem abaixo), uma super marca americana, que começou recentemente a vender produtos aqui no Brasil. Mas conto no final da semana tudo que me fez optar por este modelo, ok?

Aliás, uma das coisas que já adianto é que não existe modelo completo: um super confortável não será muito leve, um com design super moderno não será muito barato, um para corrida não será muito compacto e assim por diante.

Mas quais os tipos de carrinhos existentes no mercado e por que precisamos saber disso? Por uma simples razão: é conhecendo um pouco sobre cada tipo que conseguimos afunilar e direcionar nossa busca pelo carrinho ideal.

Carrinho de bebê tradicional (standard stroller)

20160418_Carrinho_de_bebê_Tipos_01

Os carrinhos de bebê tradicionais são encontrados em diferentes estilos e designs, mas praticamente todos são bastante confortáveis, com assento acolchoado e reclinável em diferentes posições, permitindo, inclusive, que o bebê fique totalmente deitado.

A maioria também possui capota e “bolsões” abaixo do assento, para guardar itens e objetos.

Em alguns modelos, o bebê fica de frente para quem empurra, sendo possível manter contato visual com a criança. Em outros, o bebê fica de frente para “o mundo” (rs!), descobrindo tudo que está à sua volta. Outros, ainda, oferecem um sistema reversível, permitindo que a estrutura do assento seja utilizada nos dois sentidos.

No geral, a base do carrinho é sólida, de metal ou alumínio, e é forrada, para proteção, segurança e conforto. A barra onde os pais seguram também é mais confortável, pode ser ajustável e/ou já em altura mais adequada e compatível com o homem-médio.

Alguns modelos oferecem a opção de reversibilidade para moisés.

Costumeiramente, os carrinhos tradicionais são com três ou quatro rodinhas. As de trás normalmente são maiores que as da frente, mas todas são duráveis e giram com facilidade.

Os modelos tradicionais costumam carregar crianças desde recém-nascidas até estarem muito grandes ou muito velhas para usarem carrinho, normalmente entre 3 e 4 anos.

A forma de fechamento também varia bastante. Alguns são extremamente práticos (minha preferência) e outros mais chatinhos de fechar (os costumeiramente chamados de carrinhos “trambolhos”). Os preços também são bem variados e dependem muito de marca, modelo e estilo.

O da imagem é o Affinity da Britax. Sou fã da marca, não preciso nem dizer, né?

Travel System

20160418_Carrinho_de_bebê_Tipos_02

O travel system não é bem um tipo de carrinho, mas sim uma variação do carrinho tradicional. São chamados de travel system os carrinhos vendidos em conjunto com o bebê-conforto ou nos quais um bebê-conforto pode ser acoplado com perfeição.

A vantagem deste modelo é a conveniência e praticidade, já que o bebê-conforto também serve de cadeirinha de carro para bebês de até 9kg a 15kg, dependendo da marca. Mantendo a criança no bebê-conforto é possível removê-lo do carro para o carrinho e vice-versa, sem ter que desacomodá-la, principalmente se ela estiver dormindo.

20160418_Carrinho_de_bebê_Tipos_03

O encaixe às vezes também é possível mesmo que carrinho e bebê-conforto não tenham sido comprados juntos. Estamos falando, é claro, de carrinho e bebê-conforto de mesma marca. Caso contrário, essa adequação de peças não é possível.

Ah! E vale lembrar também que normalmente os travel systems permitem a acoplagem de um moisés.

O da imagem é B-Agile 3 / B-Safe 35 Travel System da Britax, como falei acima. Compramos com o moisés também.

Carrinho tipo guarda-chuva (umbrella stroller ou lightweight stroller)

20160418_Carrinho_de_bebê_Tipos_05

Os carrinhos tipo guarda-chuva são mais baratos, menos duráveis, menos confortáveis, com assentos não acolchoados e, algumas vezes, com encosto não ou pouco ajustável.

A vantagem desse modelo é que são dobráveis e bem portáteis. Cabem sem problemas no porta-malas do carro ou até no compartimento de bagagens de um avião. Alguns vêm com bolsa ou alça para facilitar o transporte.

Esses carrinhos são mais adequados para bebês maiores, com mais de 6 meses, principalmente porque não oferecem muito suporte para a cabeça da criança. É muito importante verificar as instruções do fabricante sobre o limite de peso e indicação de idade para uso.

Algumas famílias usam o carrinho guarda-chuva apenas como um backup ou em viagens.

O da imagem é o YoYo da Babyzen.

Carrinho para cooper (jogging stroller)

20160418_Carrinho_de_bebê_Tipos_06

Os carrinhos para a prática de cooper são modelos com três rodas maiores (tipo de bicicleta), em uma estrutura extremamente leve para absorver choques e com freios. Eles oferecem um passeio tranquilo e suave, tanto para quem empurra, quanto para o bebê.

São ótimos para longos passeios, corridas e até para quem quer se arriscar a fazer uma pequena trilha. Alguns modelos carregam mais de uma criança, lado-a-lado ou uma na frente da outra.

Em ambiente urbano, esse tipo de carrinho ajuda bastante em ruas muito íngremes e a subir e descer de calçadas (passar pelo meio-fio). Mas seu tamanho o torna difícil de manejar quando se precisa subir e descer escadas, em elevadores, ou até em lojas. Eles também não ficam tão compactos quando dobrados quanto os outros tipos.

Normalmente o carrinho de cooper é indicado para bebês com mais de 6 meses. Para bebês menores, talvez seja necessária a compra de alguma peça ou adaptador para usá-lo com segurança com crianças menores.

O uso do cinto de segurança é indispensável durante as corridas, claro!

O da imagem é o Bob Revolution SE.

Carrinho duplo (double stroller)

20160418_Carrinho_de_bebê_Tipos_04

Os carrinhos duplos permitem que os pais empurrem duas crianças de uma única vez. Servem tanto para gêmeos, como para quem está esperando um segundo filho, com pouca diferença de idade em relação ao primeiro.

Alguns modelos levam as crianças uma na frente da outra, algo que pode ser facilmente coordenado quando estamos falando de um bebê e uma criança mais velha. Mas quando ambas têm a mesma idade, o famoso: “Eu vou na frente!” pode ser motivo de discussão. Pense nisso! Outra opção é carregar as crianças uma ao lado da outra.

Existem alguns carrinhos tradicionais com a opção de adicionar uma plataforma na parte de trás do assento do bebê, onde uma criança mais velha pode ficar em pé. Isso também pode funcionar e vejo muito dessa plataforma sendo utilizada por aqui.

Assim como para os tradicionais, as mesmas orientações valem para os carrinho duplos: verifique a idade adequada para a criança e quanto os assentos, e se ambos, da mesma forma a ponto de permitirem que os bebês durmam confortavelmente.

Os carrinhos duplos costumam ser mais volumosos e pesados, é claro.

O da imagem é o B-Agile Double da Britax.

2 comentários em Enxoval | Carrinho de bebê (stroller) | Tipos

  1. Priscilla em 23 jan 2017

    Eu comprei o Britax B Agile3 no Brasil e fiquei super decepcionada!!! Os que vendem nos EUA suportam até cerca de 25kgs, mas os que vendem no Brasil só suportam 15kgs. Enviei mensagem para a Britax questionando essa diferença e eles confirmaram que os carrinhos que exportam para o Brasil são “diferentes”, ou seja piores. Absurdo!!! E ainda por cima o preço aqui no Brasil é quase o triplo dos EUA.

    • Fabiana Bellentani
      Fabiana Bellentani em 24 jan 2017

      Oi, Priscilla, tudo bem? Não tinha conhecimento dessa diferença! Quando comprei o Britax Agile, a marca não era vendida no Brasil. Comprei o meu nos Estados Unidos e amo o carrinho até hoje. É uma pena exportarem para cá os carrinhos com capacidade para até 15Kg! Para quem tem a oportunidade de comprar no exterior, continua sendo minha indicação. Bom saber! Obrigada!

Deixe um comentário