Por Fabiana Bellentani

Concluindo a festinha de 3 anos da Carolina, quero mostrar como preparei as lembrancinhas.

Lembrancinhas para os adultos

Lembrancinhas, para mim, têm que ser úteis ou comestíveis, para não acabarem num canto ou no lixo depois de um tempo.

Dos 25 convidados, apenas 6 eram crianças. Por isso, era essencial que tivéssemos lembrancinhas que agradassem também aos adultos. Para eles, dediquei cookies de limão siciliano da Principessa Biscoitos. A Bruna Lucchesi, dona da marca, é uma fofa. Ela trabalha com receitas de família, super tradicionais. Muito atenciosa, me ajudou a avaliar a quantidade em função do tamanho das caixinhas, sugeriu tamanhos de saquinhos diferentes, fita, etc. Só tenho a agradecer! E os biscoitos são simplesmente D E L I C I O S O S!

Os cookies foram colocados em saquinhos e fechados com um adesivo transparente. No fundo da caixa, fiz uma “almofada” de papel kraft e os saquinhos foram acondicionados cuidadosamente sobre ela.

As caixinhas foram em azul marinho da Craft Embalagens. Por serem de papelão rígido, podem ser reutilizadas depois para guardar cartões ou jóias, ou até para presentear outra pessoa. Na parte externa, receberam um tag agradecendo a presença e a mesma fita amarela kraft que usei nos convites.

Todas foram colocadas na parte de baixo do carrinho chá que recebeu o bolo.

Lembrancinhas para as crianças

Para as crianças, pensei em algo que atendesse a todas as idades. Quando a diferença entre elas é muito grande, ou fazemos lembrancinhas personalizadas, como fiz no aniversário de 1 ano da Carol, ou pensamos em algo que atenda a todas.

Encomendei sacolas ecológicas com a identidade visual da festinha na Belas Cores e, dentro de cada uma, coloquei uma lousinha, com uma caixa de giz e apagador e gizes coloridos.

Todas as sacolas foram colocadas dentro de uma cesta de ferro, num cantinho da sala, para serem entregues na saída.

Se quiser ver sobre o save the date, convite e lembrete virtual, clique aqui. Se quer conhecer um pouco mais da decoração, clique aqui. E sobre os comes e bebes, aqui. O que acharam? Quero muito saber! 😉

Relação de profissionais deste post

Caixa de papelão: Craft Embalagens (SP)

Cookies: Principessa Biscoitos (SP)

Fita kraft: Rizzo Embalagens (SP)

Sacolas ecológicas: Belas Cores (SP)

Lousas, gizes e caixas com apagadores: Kalunga (BR)

Arte: Mariana Valente (SP) e 2gents (SP)

Por Fabiana Bellentani

A festinha da Carolina de 3 anos foi num sábado às 17:00, em casa. Eu não tinha muito espaço para apenas serviço volante, então optei por deixar a maioria das comidas à disposição dos convidados sobre a mesa da sala de jantar, com poucas opções servidas por garçom.

O que ficou exposto funcionou como um buffet de antepastos e comidinhas rápidas, como tortas, sanduíches e frios. E, na sequencia, foram servidos, em cumbuquinhas, saladinha verde e massa. Quem nos forneceu todas essas delícias foi o La Grâce Experience e a Padaria Fazenda dos Pães.

Além da mesa dos adultos, havia uma pequena e baixa para as crianças, à altura delas, com petiscos que gostam: desde cenourinha baby a nuggets assado. Uma suqueira com garrafinhas de vidro personalizadas, copos e canudos descartáveis ficaram à mão dos pais para darem aos pequenos.

Servimos água, refrigerante e suco, que também ficaram à disposição dos convidados em pontos estratégicos da casa, e, de alcóolicos, cerveja e espumante.

O cardápio da festinha ficou assim:

Na mesa, servimos couscous marroquinho com frutas secas, torta de frango com requeijão, quiche lorraine, mini sanduiches (um com peito de peru, mozarela de búfala, tomate seco e rúcula no pão ciabata e outro com salpicão de frango, queijo prato e salada no pão francês), sushi de pão com presunto cozido, queijo prato e patê quatro queijos, cesta de pães, frios e queijos diversos acompanhados por chutney de manga e geleia de frutas vermelhas, tomate cereja, mozarela de búfala e pepino em conserva.

Em serviço volante, oferecemos trouxinhas de frango com catupiry, batata baby recheada com cream cheese e farofinha de bacon e cheeseburguinho com ketchup e mostarda, além de saladinha verde com molho (alface americana, alface roxa, rúcula, tomate cereja e castanhas) com molho de mostarda, vinagre balsâmico e mel suave, e ravióli de mozarela de búfala com manjericão ao molho de tomate fresco.

Para as crianças, havia pipoca, cheeseburguinho, batatinha frita, cenourinha baby e nuggets.

Para docinhos, escolhi apenas brigadeiro em três sabores diferentes: chocolate belga, limão siciliano e churros. O bolo foi de chocolate (a Carol pediu) decorado apenas com glacê. Não quis nenhuma decoração mais elaborada, pois estou na fase dos bolos simples com flores. rs!

Todas as comidinhas e bebidas foram identificadas com plaquinhas desenvolvidas com a mesma tipografia do restante da papelaria.

Ah! E todas os utensílios de serviço, pratos, talheres, copos e taças, rechauds, travessas, etc, foram da Ritz Festas, que eu uso sempre.

Se quiser ver sobre o save the date, convite e lembrete virtual, clique aqui. Se quer conhecer um pouco mais da decoração, clique aqui. Amanhã mostro as lembrancinhas dos adultos e das crianças! 😉

Relação de profissionais deste post

Arte: Mariana Valente (SP) e 2gents (SP)

Gráfica: Aro Print (SP)

Fotografia: Alexandre Augusto (SP)

Sanduíches: Padaria Fazenda dos Pães (SP)

Utensílios de serviço: Ritz Festas (SP)

Buffet: La Grâce Experience (SP)

Bolo: Ivete Bolos (SP)

Docinhos: Maria José (SP) | 55 11 3782.0330 ou 55 11 98788.9165

Por Fabiana Bellentani

Ontem contei como o tema “princesa bailarina” foi escolhido pela Carolina e como criamos a arte e papelaria (incluindo save the date, convite e lembrete virtual) da sua festinha de 3 anos.

Hoje, então, dou detalhes da decoração, que é minha parte favorita. Me dedico muito à decoração, para fazer algo que fique bonito, temático e dentro do orçamento, claro!

Decoração

Como criar todo uma ambientação de Cinderela, sem usar a personagem, acrescida do fato de que ela tinha que ser uma bailarina?

Usei de referência o filme da Cinderela lançado em 2015. Todas as cenas externas da casa em que a Cinderela morava têm um toque toscano, com muito verde, trepadeiras e flores campestres. Quis muito também usar a abóbora, peça chave da história, que contribuiu para o toque rústico que eu queria dar à decoração.

Nós não tivemos mesa de bolo, mas sim um carrinho de chá. Outra mesa maior recebeu algumas comidas para que os convidados pudessem se servir. Outra parte foi disponibilizada em serviço volante.

Para montar toda decoração, usei três fornecedores diferentes. Na Fêtes encontrei muitos objetos legais que me ajudaram a fazer referência à história da Cinderela. De lá foram os novelos de lã e os carretéis com botões que remetiam aos objetos de costura da personagem; o relógio vintage cujos ponteiros deixei marcando meia-noite, horário em que o encanto tradicionalmente se desfaz; o banquinho de ferro que apoiou as sapatilhas; alguns pratos de bolo e bandejas de ferro para os docinhos.

Da Salute Festas veio o carrinho de chá. Essa peça foi fundamental para a decoração, pois as rodas grandes, também de ferro, eram semelhantes às da carruagem transformada de uma abóbora pela fada madrinha da princesa.

A parede atrás do carrinho foi decorada com uma moldura dourada emprestada da cunhada. O interior da moldura foi preenchido com leques de papel em diferentes tons de azul, uma letra “C” de madeira branca que fez parte do enfeite de maternidade da Carolina, e alguns ramos de Smilax, comprados no Uemura Flores e Plantas.

Ao lado do carrinho de chá, atrás do banquinho de ferro, posicionei um manequim de ferro da Ella Arts que foi paramentado com uma saia frufru e faixa de cetim em azul bebê, encomendados com a costureira da família.

Da Ella Arts também vieram várias coroas de ferro, uma delas, inclusive, ficou sobre o bolo; alguns passarinhos de cerâmica azul e os vasos que ornamentaram a mesa de comidinhas. Esses, aliás, foram decorados com ramos de eucalipto e astromélias amarelas.

Outro item que eu adorei usar na decoração foram uns livros da época em que eu era criança. Na verdade, é uma enciclopédia cujo nome é “O MUNDO DA CRIANÇA”. Achei tão bacana porque toda essa magia, fantasia e imaginação faz parte do mundo infantil! E com os livros, eu não só trouxe um pouco da minha infância para a festinha da Carolina, como também consegui ressaltar essa característica típica dos pequenos.

Para complementar, usei algumas abóboras espalhadas pela casa e também muitos cordões de luz, principalmente em volta do relógio que marcava meia-noite e da abóbora que ficou sobre a mesa de comidas. Minha maior alegria foi ouvir a Carolina dizendo “Mamãe, a abóbora está se transformando em carruagem” enquanto eu enrolava os cordões em torno do legume. Fiquei tão feliz! O mesmo aconteceu quando as pessoas reconheceram a história da Cinderela na decoração que eu havia feito. Muita satisfação!

As mesas da área externa, onde os convidados podiam se sentar também receberam centros diferentes: abóboras, coroas, novelos de lã e muitos ramos de eucalipto.

O resultado ficou assim:

Relação de profissionais deste post

Arte: Mariana Valente (SP) e 2gents (SP)

Gráfica: Aro Print (SP)

Decoração: eu mesma

Peças Decorativas: Ella Arts (SP) e Fêtes (SP)

Mobiliário: Salute Festas (SP)

Utensílios de serviço: Ritz Festas (SP)

Buffet: La Grâce Experience (SP)

Bolo: Ivete Bolos (SP)

Docinhos: Maria José (SP) | 55 11 3782.0330 ou 55 11 98788.9165

Fotografia: Alexandre Augusto (SP)